Traduzido para o português como Medicina Sem Pressa, a Slow Medicine se caracteriza por ser uma filosofia de trabalho que revaloriza a relação médico-paciente. A ideia é transformar atendimentos rápidos e "robotizados" em sessões mais longas e cuidadosas, resgatando os valores humanos da medicina.

 

O tempo para ouvir é um de seus pilares. A escuta do paciente precisa ser cuidadosa e respeitosa, seguindo um raciocínio clínico. Outro ponto importante é o uso moderado da tecnologia. Para os adeptos do movimento, a tecnologia é importante ferramenta, desde que usada com parcimônia, sem banalização.

 

A iniciativa da Slow Medicine é uma forma não só de melhorar o tratamento pelo ponto de vista do paciente.

O médico também sai ganhando porque é uma forma de se envolver mais profundamente.

 

13 princípios

 

Um profissional seguidor dessa filosofia deve ter uma relação com seu paciente que seja sóbriarespeitosa e justa. Estes três itens fazem parte do Manifesto publicado pela Slow Medicine.

 

Além do que está descrito no documento, há também 10 princípios fundamentais, que são: tempo; individualização; autonomia e autocuidado; conceito positivo de saúde; prevenção; qualidade de vida; medicina integrativa; segurança; paixão e compaixão e uso parcimonioso da tecnologia.

 

Diferentes profissionais podem usar esses princípios no dia a dia. Todas as especialidades médicas podem aderir aos conceitos da Slow Medicine, e também profissionais de outras áreas de saúde

 

Menos exames e remédios

 

O atendimento com melhor relação entre profissional e paciente gera mais conforto e sensação de bem-estar. Mas não é apenas desse conceito que a iniciativa da Slow Medicine extrai vantagem. É possível reduzir os custos com exames, dispensando os que farão pouca ou nenhuma diferença no decorrer do tratamento.

 

O uso exagerado de processos medicamentosos também é rigorosamente avaliado.

 

Os pacientes se surpreendem positivamente ao saberem dos conceitos e da forma de atuar fazendo uso da Slow Medicine.

 

Não há idade considerada ideal para pacientes de Slow Medicine, embora seja com os pacientes idosos que a ideia é melhor aceita.