Dr. Otávio Melo - Como melhorar a dor no punho e na mão? As 4 Dicas!

Punho e Mão

Como melhorar a dor no punho e na mão? As 4 Dicas!

No trabalho ou na realização dos afazeres domésticos, por vezes, a realização de movimentos e atividades repetidas ou executadas sem conforto geram uma dor incômoda e, às vezes, incessante nos punhos e nas mãos. Essa é a reclamação de muitos profissionais que trabalham em escritório, profissionais da área de limpeza e de empresas que exigem um esforço maquinado, sem a devida estrutura para sua realização.

Você se identificou com alguma dessas situações? Então, para entender por que as dores são ocasionadas e saber técnicas eficientes para amenizá-las, continue com a leitura deste post até o final!

Possíveis causas

As dores que afligem a região do punho e da mão podem estar associadas a diversos problemas ortopédicos. O mais comum é que a realização de esforços repetitivos causa o desgaste das articulações no local. A idade também é um fator de risco, já que a tendência é que esse desgaste aumente com o passar do tempo. 

Aos poucos, o contato entre os ossos é cada vez mais constante, gerando assim, dores agudas no paciente ,prejuízo aos movimentos das mãos, na anatomia dos membros e em diversos fatores complicadores para quem sofre esse dano cartilaginoso. 

Além disso, a inflamação de tendões é outra possível causa responsável por tirar noites de sono de quem passa por esse tipo de desconforto.

Os principais problemas associados ao punho e à mão são:

  • Artrose/osteoartrite (desgaste das articulações);
  • Síndrome do túnel do carpo (existência de nervo comprimido no punho);
  • Tendinite (inflamação do tendão);
  • Síndrome de De Quervain (inflamação do tendão do polegar);
  • Lesão por esforço repetitivo (LER);

Quero assinar a newsletter! Clique aqui!

Consequências da falta de tratamento adequado

Ignorar a dor constante e não procurar um especialista que possa indicar o tratamento adequado são atitudes que podem trazer consequências maiores e a longo prazo aos movimentos da mão e ao bem-estar do paciente. Como exemplo disso, temos:

  • Perda da força na mão e no punho;
  • Rigidez da articulação;
  • Falta de flexibilidade na região;
  • Atrofia dos ossos da mão;
  • Formigamento constante na região;
  • Perda da sensibilidade;
  • Desgaste dos ossos da mão e do punho.

Além disso, o agravamento do problema pode levar a quadros extremos que demandam cirurgias e longos e dolorosos processos de recuperação.

Como melhorar a dor

Após passar pelo atendimento de um especialista, algumas abordagens são indicadas para um tratamento dinâmico e multidisciplinar, ou seja, que envolve duas ou mais ações para serem realizadas visando ao alívio dos sintomas e à constante melhora do punho e da mão. A seguir, confira 4 métodos indicados!

Fisioterapia

Sendo o método mais procurado para o tratamento de dores no que diz respeito à anatomia da mão e do punho, o médico fisioterapeuta direciona seus esforços para minimizar as dores, melhorar a flexibilidade e os movimentos dessa área, bem como fortalecer a articulação.

São passados exercícios que envolvem a movimentação circular, a extensão do punho, o fortalecimento dos movimentos por meio de elástico e bolas anatômicas, o estímulo da flexibilidade do tendão e dedão, entre outros.

Ao longo das sessões, a evolução do paciente é mapeada e alguns exercícios passam a ser feitos em casa ou antes, durante e depois do expediente, assim, os músculos são aquecidos e estimulados mesmo durante a realização das atividades cotidianas.

Acupuntura

Muito difundida no Oriente e absolvida pela medicina Ocidental, a acupuntura é comprovadamente um método que pode ser utilizado como terapia complementar para auxiliar na diminuição de dores, proporcionar o relaxamento muscular e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Exercícios físicos

Para além da fisioterapia, quando liberada pelo médico e realizada com o devido acompanhamento, a realização de atividades físicas é uma grande aliada para o fortalecimento da musculatura, a melhora do impacto dos ossos da região e o estímulo de uma maior flexibilidade do local.

Vale ressaltarmos que as atividades devem ser feitas de forma comedida e gradual, sem gerar esforços desnecessários que podem atenuar a situação e gerar ainda mais dores para o paciente.

Alongamentos entre as atividades

A realização de movimentos repetitivos que geram lesões, segundo o INSS, foi a causa do afastamento de, pelo menos, 22 mil trabalhadores no ano de 2017. 

Quando a atividade é uma repetição constante, o ideal é intercalar com alongamentos rápidos eficazes para combater a rigidez da musculatura e manter o corpo preparado para absorver impactos.

O próprio médico fisioterapeuta pode passar alongamentos que não exigem a utilização de objetos, mas que, com a força do próprio corpo, promovem o relaxamento da anatomia da mão e do punho. Essa sempre será uma indicação-chave para se combater e evitar o surgimento de dores nessa região. 

Importância do acompanhamento médico

A única pessoa capacitada para realizar o exame e o diagnóstico é um médico ortopedista. Esse profissional vai utilizar métodos e análises assertivas para entender o que está causando as dores e passar o melhor encaminhamento para cada caso, considerando a gravidade e as possibilidades do paciente.

No Regenius Instituto, você conta com uma equipe especializada em dores e capacitada para lidar e tratar os mais diversos problemas que envolvem tendões, articulações, músculos e lesões. Além disso, o espaço conta com um tratamento de ponta, que envolve tecnologias e pesquisas renomadas e com eficácia comprovada nos mais diversos lugares do planeta, sendo utilizada até mesmo por atletas de alto rendimento.

Com mais de 16 anos de experiência e mais de 23 mil pacientes atendidos, qualidade e excelência são regra e norte para cada consulta e procedimento realizado na área de Ortopedia, Fisioterapia e Reumatologia.


Para entender mais sobre as dores que atingem a região do punho e da mão, entre em contato com quem entende e possui propriedade no assunto; entre em contato com o Regenius Instituto!

Quero entrar em contato!

Compartilhar nas redes sociais:
Última modificação em Terça, 27 Abril 2021 10:08
Mais nesta categoria: « Saiba Mais
Dr. Otávio Melo
Siga o Instituto Regenius nas redes sociais:

SÃO PAULO

BELO HORIZONTE

Aviso Legal

- Respostas terapêuticas dependem de múltiplas variáveis e características biológicas individuais de cada organismo. Os dados apresentados não configuram promessas de resultado, e nem garantias de que se o mesmo método for aplicado em pessoas diferentes alcançarão os mesmos benefícios.
- As informações contidas nesse site são de caráter meramente informativo e não tem como objetivo substituir consultas médicas, avaliação por profissionais de saúde, nem sugerir diagnósticos ou recomendação para tratamentos específicos.
- Os métodos apresentados possuem referências em artigos publicaods na literatura científica internacional, e  podem corresponder tanto a procedimentos regulamentados quando experimentais, de acordo com a regulamentação dos respectivos Conselhos Federais, à época do acesso, no Brasil.
-  As imagens ilustrativas foram obtidas em estúdio, banco de imagens, fontes da internet, fornecedores, parceiros ou simulações. Conforme a regulamentação vigente não publicamos fotos de pacientes reais. 

Image